Thomas Almeida e Antônio Arroyo são demitidos do UFC

- Publicidade -

Fim de linha para dois brasileiros no UFC. Após sequência de derrotas, chega ao fim a passagem de Thomas Almeida e Antônio Arroyo no Ultimate. A informação foi dada inicialmente pelo site ‘Combate’.

Considerado como uma das grandes promessas do MMA nacional, Thomas Almeida chegou no UFC com um cartel de 17 vitórias e nenhuma derrota. O início meteórico na organização também chamou a atenção depois do paulista emplacar quatro vitórias consecutivas, sendo três delas por nocaute.

A boa fase do brasileiro fez com que ele fosse escalado para enfrentar o americano Cody Garbrandt, mas ‘Thominhas’ acabou sucumbindo por nocaute no primeiro round. O revés foi um divisor de água na carreira do brasileiro, que apesar de vencer Albert Morales na sequência, acabou sofrendo quatro derrotas consecutivas, sendo a última contra Sean O’Malley em março deste ano.

Leia também: Dana White ironiza declaração de Jon Jones sobre vício em álcool

Já Antônio Arroyo teve uma passagem mais curta no Ultimate. O paraense ganhou um contrato com o UFC depois de finalizar Stephen Regman no ‘Contender Series’. Mas o brasileiro não deslanchou na companhia e sofreu três derrotas seguidas, diante de André Muniz, Deron Winn e por último contra Joaquim Buckley.