Exclusivo – Charles Oliveira prega respeito contra Chandler e fala sobre futuro no UFC

Com um sentimento de felicidade, é assim que Charles Oliveira vai em busca do cinturão dos leves no próximo sábado (15) no UFC 262, em Houston (EUA). Em entrevista exclusiva para o 'Tudo Sobre MMA', o brasileiro que enfrenta o americano Michael Chandler na luta principal, revelou estar curtindo o bom momento na carreira e descartou qualquer pressão.
- Publicidade -

Com um sentimento de felicidade, é assim que Charles Oliveira vai em busca do cinturão dos leves no próximo sábado (15) no UFC 262, em Houston (EUA). Em entrevista exclusiva para o ‘Tudo Sobre MMA‘, o brasileiro que enfrenta o americano Michael Chandler na luta principal, revelou estar curtindo o bom momento na carreira e descartou qualquer pressão.

“Estou feliz e grato pela oportunidade que Deus vem me dando, estou curtindo meu momento, eu sei o que tenho que fazer no octógono. Dia 15 vou ser campeão dos leves e eu vou manter esse cinturão por um bom tempo”, disse o lutador da chuteboxe.

Vivendo grande fase aos 31 anos, Charles Oliveira está com 30 vitórias na carreira e oito derrotas. Ganhou a chance pelo título depois de emplacar oito vitórias consecutivas no Ultimate. Pela frente o paulista terá o ex-campeão do Bellator Michael Chandler, que fará apenas a segunda luta no UFC, mas que para Charles isso não significa nada.

“Merece todo o respeito do mundo, é um cara duríssimo, que pega muito bem com a mão, tem um wrestling muito bom, mas com toda sinceridade do mundo eu não estou preocupado com o que o Michael Chandler pode trazer para dentro do octógono, e sim o que eu posso levar para ele, estou preocupado em poder fazer uma grande luta e conseguir soltar o meu jogo”, revelou.

Veterano no UFC, Charles está na organização desde 2010. Recordista de finalizações na história do Ultimate, o brasileiro em sua caminhada teve dificuldades na balança quando fazia parte da categoria dos penas, mas se estabilizou quando chegou na divisão dos leves. Porém o projeto a longo prazo do lutador da ‘ChuteBoxe’ é se aventurar em mais uma categoria acima, dos meio-médios.

“Vou continuar defendendo o cinturão dos leves por muito tempo e mais pra frente, ou melhor, daqui alguns anos, vou subir de categoria (meio-médios). Mas vamos fazer uma coisa de cada vez, chegando em uma certa idade vamos subir”.

E falando em categoria dos leves, Charles Oliveira analisou a categoria como uma das mais complicadas no UFC e também falou sobre o ex-campeão da categoria, o russo Khabib Nurmagomedov.

“É uma das mais difíceis que tem, nomes que são duríssimos. Sobre o Khabib temos que respeitá-lo, são 29 vitórias seguidas. Quem não queria ter uma oportunidade de lutar com ele? – todo mundo queria ver essa luta do Charles Oliveira com Khabib, mas eu respeito a decisão dele de parar e eu só tenho respeito por ele”, finalizou Charles Oliveira.

UFC 262 – Charles Oliveira x Chandler:

CARD PRINCIPAL:
Peso-leve: Charles do Bronx x Michael Chandler
Peso-leve: Tony Ferguson x Beneil Dariush
Peso-galo: Matt Schnell x Rogério Bontorin
Peso-mosca: Katlyn Chookagian x Viviane Araújo
Peso-pena: Shane Burgos x Edson Barboza
CARD PRELIMINAR:
Peso-médio: Ronaldo Jacaré x André Sergipano
Peso-pena: Lando Vannata x Mike Grundy
Peso-médio: Jordan Wright x Jamie Pickett
Peso-mosca: Andrea Lee x Antonina Shevchenko
Peso-mosca: Gina Mazany x Priscila Pedrita
Peso-pena: Kevin Aguilar x Tucker Lutz
Peso-leve: Sean Soriano x Christos Giagos