Diego Sanchez tem piora em estado de saúde após covid, mas ainda adota postura antivacina

- Publicidade -

Se a fase de Diego Sanchez nos combates não é nada bom, fora de ação o americano também não vive um bom momento. O ex-lutador do UFC vem sofrendo com problemas de saúde em decorrência da Covid-19, e na última sexta-feira (26), disse estar enfrentando uma piora em seu estado de saúde. “Pneumonia pelo COVID não desiste. Coágulos de sangue agora! COVID não é piada. Coágulos de sangue nas minhas pernas”, publicou o lutador em uma rede social.

O americano que é mais um lutador que se posicionou contra a vacinação para o combate à doença, ainda respondeu um seguidor mantendo uma postura contrária a vacina. “Estou passando por isso, mas não posso dizer que estou convencido da vacina no momento atual”, revelou.

Leia também: Ex-lutador do UFC é preso após ser acusado de agressão doméstica e conduta obscena

Diego Sanchez foi dispensado do UFC em abril, após problemas entre seu manager na época, Joshua Fabian, e o UFC depois de divergências envolvendo seu histórico médico. Dali em diante, o lutador cortou relações com Fabian e estava em conversas para fechar com o Bare Knuckle Fighting Championship (BKFC), evento de boxe sem luvas, entretanto, até o momento não foi oficializado sua chegada na organização.